Lista de disciplinas do Mestrado Profissional  de Formação para Pesquisa Biomédica (MPB)

(Ao passar o mouse por cima da disciplina, um popup abrirá com as informações de responsável  pela disciplina, carga horária, ementa e bibliografia).

MPT 701 – TÉCNICAS BÁSICAS DE LABORATÓRIO

Responsável: Wanda Maria Almeida Von Kruger.

Colaboradores: Joanna D’ Arc da Silva Trindade, Lucas Oliver Pinho & Vinicius Vieira de Lima

Carga Horária: 15 horas

Ementa: Organização de um laboratório: separação, armazenamento e catálogo de reagentes). Disposição de equipamentos e manutenção dos mesmos. Compatibilidade química. Ferramentas e experiências para melhor gestão da qualidade no laboratório. Soluções: material e preparo (apresentação de vidrarias, pipetas, tipos de água, cálculos, pesagem).  Definição de concentração. Ácidos e bases, definição e medidas de pH. (Teoria e prática).  Como trabalhar sem contaminação: a técnica estéril, preparo de meios de cultura e soluções estéreis, inoculação de células bacterianas em meio de cultura líquido e sólido. (Teoria e prática). Técnicas de análise de biomoléculas: Centrifugação, Eletroforese e Espectrofotometria. Preparo de amostras e géis de agarose e poliacrilamida para SDS-PAGE. Condições de eletroforese. Visualização das moléculas no gel. Dosagem de proteínas e de atividade enzimática por espectrofotometria. Cultivo de células. (Teoria e prática).

Bibliografia:

  • ASSUMPÇÃO, J.C. Manipulação E Estocagem De Produtos Químicos E Materiais Radioativos. In: Oda, L.M. & Avila, S.M. (Orgs.). Biossegurança em Laboratórios De Saúde Pública. Ed. M.S., 1998. P. 77-103. ISBN: 85-85471-11-5
  • Biossegurança em Laboratórios de Saúde Pública. Ed. M.S., 1998. p. 77-103. ISBN: 85-85471-11-5
  • CARVALHO, P.R. Boas Práticas Químicas Em Biossegurança. 2ª. Ed. Rio De Janeiro: Editora Interciência, 2013.
  • CENTRIFUGATION: (https://www.jove.com/science-education/5019/an-introduction-to-the-centrifuge).
  • Gel_ELECTROPHORESIS_Lab_Activity_CAES_UGA (http://www.gaaged.org/page.aspx?ID=209)
  • GODINHO DA SILVA JR., J. Eletroforese De Proteínas- Guia Prático, Editora Interciência, 2001, ISBN 9788571930452
  • JoVE Science Education Database. Analytical Chemistry.Ultraviolet-Visible (UV-Vis) Spectroscopy. JoVE, Cambridge, MA, (2019)
  • KATHY BARKER. Na bancada: Manual de iniciação científica em laboratório de pesquisas biomédicas (2002), ISBN-13: 9788536300511
  • (https://www.skoob.com.br/livro/pdf/na-bancada/livro:6070/edicao:7234
  • Manual do profissional da Química. Disponível em http://www.crq4.org.br/sms/files/file/livro_2005a.pdf. Acesso em 01 fev. de 2015.
  • MICROBIOLOGICAL METHODS. C_Ketter_July_2005 (http://www.gaaged.org/page.aspx?ID=209)
MPT 703 – MICROSCOPIA ÓPTICA

Responsável: Kildare Miranda

Colaborador: Fernando Pereira de Almeida

Carga Horária: 15 horas

Ementa: Conceitos básicos da microscopia óptica e suas aplicações; Partes do Microscópio e a iluminação de Kohler; Microscopias de campo claro, contraste de fase, contraste interferencial; Microscopia de fluorescência (convencional e confocal); Noções de microscopia óptica de superresolução; Interpretação de imagens obtidas com as diferentes técnicas de microscopia óptica e ênfase na parte prática.

Bibliografia:

  • Fundamentos de microscopia. Luiz Henrique Monteiro Leal. 128p. Editora da UERJ
MPT 705 – CITOMETRIA DE FLUXO I

Responsável: Tais Hanae Kasai Brunswick

Colaboradora: Triciana Gonçalves

Carga Horária: 15 horas

Ementa: Bases de Citometria de Fluxo – princípios e história do desenvolvimento da técnica. Funcionamento do equipamento. Compensação de sinal. Fluorescência, anticorpos e principais técnicas de marcação de superfície e intracelular. Estratégias para análise de dados. Análise de dados produzidos durante a disciplina pelos alunos.

Bibliografia:

  • Givan, L. Alice. Flow cytometry: first principles. 2nd editon. Wiley-Liss, 2001.
  • Shapiro, H. M. Pratical flow cytometry. 4.ed. John Wiley & Sons, 2005.
  • Artigos científicos publicados no Cytometry Part A, J. Immunological Methods
  • Tutorial de software de análise de dados Flow Jo.
MPT 706 – CULTIVO CELULAR I

Responsáveis: Tais Hanae Kasai Brunswick & Regina Coeli dos Santos Goldenberg

Colaboradores: Karina Dutra Asensi, Lanuza Faccioli, Raiana Barbosa

Carga Horária: 15 horas

Ementa: Introdução à cultura celular - História e conceitos sobre o cultivo de linhagens celulares - Legislação vigente para técnicas de cultura celular. Conceitos sobre as instalações laboratoriais, esterilização, higienização e preparos de insumos, meios de cultura, vidraria e reagentes; equipamentos necessários e regras de uso.  Classificação dos tipos de fluxos laminares - Procedimentos de utilização de acordo com o material biológico a ser manipulado – Classificação das culturas quanto a aderência (em suspensão e aderentes), quanto ao método de obtenção (primária e estabelecida). Técnicas básicas de cultivo celular: Manutenção, congelamento e descongelamento. Contagem de células na câmara de Neubauer. Testes de viabilidade celular com Azul de Trypan.  Visitação aos laboratórios de cultivo celular.

Bibliografia:

  • Tecnologia de Cultivo de Células Animais - de Biofármacos a Terapia Gênica. Angela Maria Moraes, Elizabeth F. Pires Augusto, Leda R. Castilho. Ed Roca, 2008.
  • Como Cultivar Células, Rui Curi, Guanabara Koogan, 2005.
  • Fundamentos Da Cultura De Tecido e Células Animais,   Moacyr Alcoforado Rebello, Rubio, 2014
  • Células-Tronco Mesenquimais – Conceitos, Métodos de Obtenção e Aplicações, Antonio Carlos Campos de Carvalho e Regina Coeli dos Santos Goldenberg, 2012
  •  
MPT 708 – PESQUISA DE DISSERTAÇÃO (M)

Responsável: Orientador do discente

Carga Horária:  0,0 horas

Ementa: Estágio no laboratório para a realização da parte experimental da dissertação de mestrado.

Bibliografia:

  • Literatura relacionada à Dissertação.
MPT 710 – MODELOS ANIMAIS PARA REPRODUÇÃO HUMANA

Responsável: Marcel Frajblat

Carga Horária:  15 horas

Ementa: Modelagem animal; pesquisa translacional, reprodutibilidade na ciência e na pesquisa com animais, modelos animais para endometriose; modelos animais para síndrome do ovário policístico; modelos animais para secreção de gonadotrofinas; modelos animais para desenvolvimento embrionário, controle de qualidade com o uso do ensaio de embrião de camundongo.

Conteúdo programático:

  1. Modelagem animal, pesquisa translacional e Reprodutibilidade na ciência e na pesquisa com animais,
  2. Modelos animais para endometriose;
  3. Modelos animais para síndrome do ovário policístico;
  4. Modelos animais para secreção de gonadotropinas;
  5. Modelos animais para desenvolvimento embrionário,
  6. Modelos animais para infertilidade masculina
  7. Desenvolvimento de modelos animais para infertilidade humana;
  8. Controle de qualidade de laboratórios de reprodução humana com o uso do ensaio de embrião de camundongo.

Bibliografia:

  • Animal Models and Human Reproduction. Gheorghe Constantinescu, Heide Schatten. 2017. ISBN:9781118881606;
  • Development and Reproduction in Humans and Animal Model Species. Werner Müller, Monika Hassel and Maura Grealy. 2015, 725 p. 322 ISBN 978-3-662-43784-1;
  • Sourcebook of Models for Biomedical Research. P. Michael Conn.  2008. 778 pages. Humana Press; 2008 edition. English . ISBN-13: 978-1588299338;
  • Using Animal Models in Biomedical Research: A Primer for the Investigator. Pierce K.H. Chow, Bryan E. Ogden, Robert T.H. World Scientific Publishing Company. 2008
MPT 711 – PROJETO DE DISSERTAÇÃO

Responsável: Coordenador do curso do MPT

Carga Horária:  15 horas

Ementa: Apresentação do projeto de dissertação após 12 meses perante uma banca examinadora.

Bibliografia:

  • Não se aplica.
MPT 712 – ESPECTROMETRIA DE MASSAS

Responsável: Ronaldo da Silva Mohana Borges

Carga Horária:  15 horas

Ementa: Neste curso serão apresentados os conceitos teóricos fundamentais da técnica de espectrometria de massas (MS) para análise de biomoléculas, assim como serão realizadas: demonstração sobre a aquisição de dados de MS e práticas sobre análise de dados. O objetivo final desta disciplina é tornar o aluno capaz de compreender as bases da MS para futuramente ser capaz de preparar amostras e analisar seus próprios dados de MS. Para isto, neste curso vamos abordar os seguintes tópicos:

  • Introdução a MS e biomoléculas: conceitos fundamentais
  • O espectrômetro de massas / tipos de fontes de ionização, analisadores de massas e detectores
  • Medidas de m/z e fingerprint
  • Cromatografia líquida associada à MS / quantificação relativa de biomoléculas
  • Análise de modificações pós-traducionais de peptídeos e proteínas
  • Modificações químicas e estudo de complexos biomoleculares
  • Imageamento por espectrometria de massas
  • Interpretação espectros de lipídeos e polissacarídeos
  • Demonstrações e práticas sobre análise de dados
  • Apresentação e discussão de artigos científicos
  • Espectrometria de massas associada a biologia de sistemas.

Bibliografia:

  • Mass spectrometry for Biotechnology”, (Gary Siuzdak, Academic Press);
  • Electrospray and MALDI Mass Spectrometry: Fundamentals, Instrumentation, Practicalities, and Biological Applications (Richard B. Cole, Wiley);
  • Mass Spectrometry: Principles and Applications (Edmond de Hoffmann, Wiley, 3a. edição);
  • “Imaging Mass Spectrometry: Protocols for Mass Microscopy” (Mitsutoshi Setou, Springer).
MPT 713 – BIOSSEGURANÇA

Responsável: Mariana Boechat de Abreu & Marcel Frajblat

Carga Horária:  15 horas

Ementa: Classificação e controle dos riscos, níveis de biossegurança, mapa de risco, equipamentos de proteção individual e coletiva; biossegurança no uso científico de animais e no uso de organismos geneticamente modificados; gerenciamento de resíduos de acordo com sua classe; programa de reciclagem e gerenciamento de resíduo do CCS/UFRJ; métodos de desinfecção de laboratórios e biotérios; biossegurança e saúde, primeiros socorros; prevenção e combate de incêndios.

Bibliografia:

  • Biossegurança - Uma abordagem multisiciplinar - Pedro Teixeira e Silvio Valle (Orgs). Editora Fiocruz.
  • Manual de Biossegurança - Mario Hiroyuki Hirata e Jorge Mancini Filho. Editora Manole
  • Na Bancada - Manual de iniciação científica em laboratórios de pesquisas biomédicas - Kathy Barker. Editora Artme.
MPT 714 – MANEJO DE ANIMAIS

Responsável: Mariana Boechat de Abreu

Carga Horária:  30 horas

Ementa: O Curso na modalidade EaD foi desenvolvido por uma exigência legal do CONCEA de capacitação com carga horária mínima de 30h para qualquer pesquisador ou aluno que vá trabalhar em pesquisas com manejo de animais. O curso é formado por 4 módulos, sendo composto por 54 videoaulas, material didático complementar (escrito) e fórum de discussão.  Módulo 1- Ética, Legislação e Biossegurança (Histórico, Princípios e Fundamentos dos 3Rs, Legislação e Ética na Experimentação Animal, Importância e Responsabilidades dos Profissionais na Pesquisa Científica, Biossegurança e Legislação para o Descarte de Resíduos Biológicos, Saúde do Trabalhador); Módulo 2- Biologia Animal (Biologia e Manejo de Roedores, Biologia e Manejo de Lagomorfos, Biologia e Manejo de Primatas Não-Humanos, Biologia e Manejo de Peixes, Nutrição Animal e sua importância na Pesquisa, Reprodução Animal e sua importância na Pesquisa); Módulo 3- Procedimentos básicos em Animais e Bem-Estar Animal (Formas de Contenção Animal, Principais Vias de Administração de Substâncias e Coleta de Amostras; Anestesia; Avaliação da dor e Critérios de Ponto Final; Métodos Preconizados de eutanásia, Princípios Básicos de Técnicas Cirúrgicas, Bem-Estar Animal e Enriquecimento Ambiental, Métodos Alternativos e Módulo 4- Fatores que interferem na Pesquisa Científica (Controle Sanitário, Controle Genético e uso de Transgênicos, Delineamento experimental, Reprodutibilidade e Medidas de Controles de Viés na Pesquisa, Calculo Amostral e Noções básicas de Estatísticas, Gerenciamento de Biotérios e Elaboração de POPs. Serão feitas 2 avaliações e a nota mínima para aprovação será de 70% de acertos em cada uma das provas.

Bibliografia:

  • Cuidados e manejo de animais de laboratório. Editora 2009
  • Resolução Normativa 25/2015 Capítulo "Introdução Geral" do Guia Brasileiro de Produção, Manutenção ou Utilização de Animais para Atividades de Ensino ou Pesquisa Científica do CONCEA
  • Resolução Normativa CONCEA 15/2013
  • Baixa Estrutura Física e Ambiente de Roedores e Lagomorfos do Guia Brasileiro de Criação e Utilização de Animais para Atividades de Ensino e Pesquisa Científica.
  • Resolução Normativa 37/2018 Diretriz da prática de Eutanásia – CONCEA
  • Lei 11.794/2008
MPT 715 – INTERAÇÃO NEUROIMUNOENDÓCRINO

Responsável: Flavia Fonseca Bloise

Colaboradora:  Aline Fonseca Pereira Jota

Carga Horária:  30 horas

Ementa: Apresentação do curso. Conceitos de meio interno, homeostase e alostase. Entrega de artigos. Conceitos gerais de imunofisiologia e neurofisiologia. Conceitos gerais de neurofisiologia e endocrinologia. Integração entre o sistema nervoso central, imunológico e eixos hipotálamo-hipófise. O sistema de estresse e a resposta neuroimunendócrina. O sistema neuroimunoendócrino durante o desenvolvimento – do nascimento a senescência.

Bibliografia:

  • Periódicos indexados da área, como Journal of Neuroimmunology; Brain Behavior and immunity; Journal of Neuroendocrinology; Psychoneuroendocrinology, Frontiers in Physiology, etc.
  • Abbas A, Lichtman A, Cellular and Molecular immunology, 5a Edição;
  • Aires M, Fisiologia, 4a Edição;
  • Bear M, Connors BW, Paradiso MA, Neuroscience: Exploring the Brain, 3a Edição.
MPT 716 – AVALIAÇÃO FÍSICO-FUNCIONAL

Responsável: Maurício de Sant'Anna Junior & Luciana Moisés Camilo

Carga Horária:  30 horas

Ementa: Conhecimentos relativos à avaliação do nível habitual de atividade física, autonomia e atividades diárias, antropometria (métodos diretos, indiretos e duplamente indiretos), flexibilidade, dispnéia, testes de exercício submáximo (teste de caminhada de seis minutos e shuttle walking test), avaliação do sistema nervoso autônomo, teste de AVD-Glittre, teste sentar e levantar, Timed Up and Go, teste de degrau, força de preensão palmar. Utilização de dispositivos e aplicativos para auxilio no registro de dados obtidos na avaliação físico-funcional.

Bibliografia:

  • MACHADO, MGR. Bases da Fisioterapia Respiratória: Terapia Intensiva e Reabilitação. Ed Manole, 2ª edição, 2018
  • FARINATTI, PTV. Envelhecimento, promoção da saúde e exercício (Vol 1). Barueri: Manole, 2008.
  • ARAÚJO CGS. Flexiteste. Um método completo para avaliar a flexibilidade. São Paulo: Manole, 2005.
  • FARINATTI PTV Envelhecimento, promoção da saúde e exercício. Bases teóricas e metodológicas. Volume 1. São Paulo: Manole, 2008.
  • MORROW JR, JACKSON AW, DISCH JG, MOOD DP. Measurement and evaluation in human performance. 3rd edition. Champaign: Human Kinetics, 2005.
  • NORTON K, OLDS T. Antropométrica. Porto Alegre: ARTMED, 2005.
MPT 717 – BASES DA FISIOLOGIA HUMANA E ANIMAL

Responsável: Mariana Boechat de Abreu & Luciana Moises Camilo

Carga Horária:  30 horas

Ementa: Revisão e introdução de conceitos básicos da fisiologia respiratória, cardiovascular, endócrino, renal e imunologia. Mecânica respiratória, organização morfo-funcional do sistema respiratório, volumes e capacidades, relação ventilação perfusão, difusão e transporte e controle ventilatório. Estrutura e função do sistema cardiovascular, eletrofisiologia cardíaca, Bases fisiológicas da eletrocardiografia, contratilidade miocárdica, hemodinâmica, circulação e controle da pressão arterial. Introdução a fisiologia endócrino, hipotálamo, hipófise, glândula tireóide e hormônios tireoidianos, Glândula adrenal, pâncreas endócrino, fisiologia da reprodução. Hemodinâmica renal, função tubular, excreção, regulação de pH e fluido extracelular. Introdução ao sistema imune, reconhecimento de antígenos, maturação, ativação e regulação de linfócitos, citocinas inflamatórias, resposta imune humoral e resposta imune celular.

Bibliografia:

  • NEGRÃO, C. E.; BARRETTO, A. C. P. Cardiologia do Exercício: do Atleta ao Cardiopata. São Paulo: Manole, 2006.
  • WILKINS, Robert L.; STOLLER, James K; KACMAREK, RM. Egan Fundamentos da terapia respiratória . Elsevier, 2009.
  • AIRES, M.M Fisiologia. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan, 4a. Ed, 2012.
  • DAVID, Cid M. Ventilação Mecânica da Fisiologia à Prática Clínica. 2. ed Rio de Janeiro: Revinter, 2011.
  • BERNE, R. M., LEVY, M. N., KOEPPEN, B. M. & STANTON, B. A. (2004). Fisiologia (*), 5ª ed., Ed. Elsevier, Rio de Janeiro, RJ. ISBN-10:8535213678
  • COSTANZO, L. S. (2011). Fisiologia (**), 4ª ed., Ed., Elsevier, Rio de Janeiro. ISBN-10: 85-352-3894-8
MPT 718 – TÉCNICAS EM BIOLOGIA MOLECULAR 

Responsável: Áislan de Carvalho Vivarini

Carga Horária:  15 horas

Ementa: Aulas Teórico-prática: Conceitos básicos de biologia molecular. Definição e estrutura de um vetor de clonagem. Clonagem molecular: enzimas de restrição, digestão sítio-dirigida e ligação de fragmentos de DNA. Cultivo bacteriano e preparação de plasmídeos. Transformação bacteriana e seleção pela resistência a antibióticos. Replicação, seleção e princípios de métodos de purificação de plasmídeos. Eletroforese em matriz de agarose. Discussão de todo material e soluções a serem utilizadas nas metodologias.

Bibliografia:

  • Biologia Molecular da Célula. Bruce Alberts, Alexander Johnson, Julian Lewis, Martin Raff, Keith Roberts, Peter Walter. 5ª edição, Artmed.
  • Genética Médica. Thompson & Thompson. 6ª edição, ELSEVIER.
  • Tortora, G.J., Funke, B.R., Case, C.L. 12ª edição, Artmed.  
  • Lewin's Genes XII. Goldstein, Elliott S.; Kilpatrick, Stephen T.; Krebs, Jocelyn E. - Jones & Bartlett Pub. 12ª edição.
  • Molecular Cloning: A Laboratory Manual. Michael R. Green &Joseph Sambrook. 4ª edição
MPT 720 – FISIOLOGIA CLÍNICA

Responsável: Mariana Boechat de Abreu & Luciana Moisés Camilo

Carga Horária:  30 horas

Ementa: Conceitos básico de ventilação mecânica protetora; Efeitos fisiológicos da ventilação mecânica; interação cardiopulmonar durante a VM; Aplicação da VM na SARA, na DPOC e no paciente neurológico ; Fisiopatologia da Insuficiência Cardíaca e aspectos farmacológicos; Introdução à fisiologia do exercício (histórico, conceitos e evolução da ciência). Estratificação de risco pré-exercício. Respostas e adaptações cardiorrespiratórias, neurais e metabólicas ao treinamento aeróbico. Respostas e adaptações cardiorrespiratórias, neurais e metabólica ao treinamento resistido; Diferenciação sexual e aparelho reprodutor masculino; Reprodutor feminino comparado, ciclos menstruais e estrais; Neurofisiologia visual; neurofisiologia do aparelho locomotor e esclerose lateral amiotrófica; Discussão de artigos científicos dos temas relacionados.

Bibliografia:

  • NEGRÃO, C. E.; BARRETTO, A. C. P. Cardiologia do Exercício: do Atleta ao Cardiopata. São Paulo: Manole, 2006.
  • WILKINS, Robert L.; STOLLER, James K; KACMAREK, RM. Egan Fundamentos da terapia respiratória . Elsevier, 2009.
  • AIRES, M.M Fisiologia. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan, 4a. Ed, 2012.
  • DAVID, Cid M. Ventilação Mecânica da Fisiologia à Prática Clínica. 2. ed Rio de Janeiro: Revinter, 2011.
  • BERNE, R. M., LEVY, M. N., KOEPPEN, B. M. & STANTON, B. A. (2004). Fisiologia (*), 5ª ed., Ed. Elsevier, Rio de Janeiro, RJ. ISBN-10:8535213678
  • COSTANZO, L. S. (2011). Fisiologia (**), 4ª ed., Ed., Elsevier, Rio de Janeiro. ISBN-10: 85-352-3894-8
MPT 722 – MÉTODOS DE PROCESSAMENTO DE DADOS

Responsável: Mariana Boechat de Abreu & Luciana Moisés Camilo

Carga Horária:  30 horas

Ementa: Conceitos Básicos de sinais e sistemas em tempo discreto. Transformada de Fourier de sinais em tempo contínuo e em tempo discreto. Introdução a sinais biomédicos; sinais eletrocefalográficos (EEG), eletrocardiográficos (ECG) e eletromiográficos (EMG); aquisição e propriedades. Transformadas discretas; transformada discreta dee Fourier (DFT) e suas propriedades; filtragem de sinais ECG, EMG e EEG no domínio das frequências; Transformada -2. Conceitos de filtragem; especificações; filtro de resposta finita ao impulso (FIR) e de resposta infinita ao impulso (IIR); técnicas de projeto; projeto de filtros digitais usando o MatLab. Filtragem de sinais biomédicos; filtros passa-baixas, passa-altas e passa-faixas aplicados e sinais biomédicos.

Bibliografia:

  • J. Tompkins Obra: Biomedical digital signal processing: C-language examples and laboratory experiments for the IBM PC Local: Englewood Cliffs, N.J. Editor: Prentice Hall NºEdição:1 Ano:1993
  • G.Lyons Understanding digital signal processing Local: Upper Saddle River, N.J. Editor: Prentice Hall NºEdição:2 Ano:2004
  • N. Bruce Biomedical signal processing and signal modeling Local: Nova Iorque Editor:Wiley Nº Edição:1 Ano:2001
  • L. Semmlow Obra: Biosignal and biomedical image processing: MATLAB-based applications Local: New York London Editor: Marcel Dekker; Taylor & Francis NºEdição:1 Ano:2004
  • V. Oppenheim, R.W. Schafer, et al. Obra:Discrete-time signal processing Local:Englewood Cliffs, N.J. Editor:Prentice Hall NºEdição:2 Ano:1999
  • G. Proakis e D.G. Manolakis Digital signal processing: principles, algorithms, and applications Local:Upper Saddle River, N.J. Nºedição:3 Editor: Prentice Hall Ano:1996
  • K.Mitra Obra: Digital signal processing Local: Boston Editor:McGraw-Hill Nº Edição:3 Ano:2005
  • A. Christensen Obra:Introduction to biomedical engineering biomechanics and bioelectricity. Part I Local: San Rafael, California Editor: Morgan & Claypool Publishers NºEdição:1 Ano:2009
MPT 723 – CÉLULAS TRONCO E BIOENGENHARIA TECIDUAL 

Responsável: Tais Hanae Kasai Brunswick & Regina Coeli dos Santos Goldenberg

Colaboradores: Antonio Carlos Campos de Carvalho, Rosalia Mendez Otero, Marcelo Felippe Santiago, Pedro Moreno Pimentel Coelho, Karina Dutra Asensi e Lanuza Faccioli

Carga Horária:  60 horas

Ementa: História e objetivos da bioengenharia tecidual. As bases do crescimento e diferenciação celulares. Desenvolvimento tecidual in vitro. Células-tronco. Transplante de células e tecidos. Biomateriais na engenharia tecidual. Técnicas de microscopia avançada.

Bibliografia:

  • Stem Cell Biology- Marshak, D., Gardner R., Gottlieb d., Cold Spring Harbor Laboratory Press, 2001.
  • Stem Cell- Potten C.S., Academic Press, 1997.
  • Stem Cell- Lanza R., Gearhat J., Hogan B., Melton D., Pedersen R., Thomson J., West M.,  Elsevier Inc., 2004.
  • Principles of Tissue Engineering-Lanza R., Langer R., Vacanti J., Academic Press, 1997.
  • Stem Cell Handbook – Stewart Sell, Humana Press, 2004.
  • Resident Stem Cells and Regenerative Therapy. Goldenberg, R. C. S., Carvalho, A. C. C.. Amsterdam: Elsevier, 2013, p.251.
  • Células-tronco Mesenquimais conceitos, métodos e aplicações Goldenberg, R. C. S., Campos De Carvalho, A. C. São Paulo: Atheneu, 2012, v.1. p.208.
  • Céulas-tronco, Terapia Gênica e Nanotecnologia Aplicada à Saúde. São Paulo. Editora Atheneu, 2007.
MPT 724 – SISTEMA IMUNE X EXPERIMENTAÇÃO ANIMAL

Responsável: Robson Coutinho Silva

Colaboradores: Aline Cristina A. Moreira-Souza

Carga Horária:  15 horas

Ementa: Introdução à imunologia; componentes do sistema imune; células e mecanismos da imunidade inata; células e mecanismos da imunidade adaptativa. Perfis clássicos de respostas imunológicas (TH1, TH2 e TH17). Interferência do sistema imune na experimentação animal (facilidades e desafios). Influência do sistema imune nos procedimentos experimentais básicos como cultivo celular, ensaios in vivo e in vitro. Importância do cumprimento das normas de biossegurança na experimentação animal.

Bibliografia:

  • Imunologia Celular e Molecular – Abdul K. Abbas, Andrew H. Lichtman & Jordan S. Pober. 8. Edição.
  • O sistema imune da saúde a doença – Charles A. Janeway, Paul Traves, Mark Walport & Mark Shlomchik. 5. Edição
  • Guia Brasileiro de produção, manutenção ou utilização de animais em atividades de ensino ou pesquisa científica. CONCEUA, Ministério de Ciência e tecnologia. 1ª Edição.
  • Doença de Chagas: Manual de experimentação animal. Tania C Araújo-Jorge & Solange Lisboa de Castro.
MPT 725 – TRIAGEM CELULAR

Responsável: Antônio Carlos Campos de Carvalho (UFRJ-CENABIO-IBCCF) e Andréia de Vasconcelos dos Santos (UFRJ-CENABIO)

Colaboradores: Ana Paula Rocha Gadelha (INMETRO), Renata Travassos de Lima (UFRJ-CENABIO)

Carga Horária:  45 horas

Ementa: A disciplina contará com módulo teórico e prático. No módulo teórico serão abordados fundamentos básicos de microscopia óptica, conceitos de microscopia de fluorescência, microscopia automatizada e metodologias básicas envolvendo o uso de fluoróforos. Ênfase será dada na aplicabilidade da microscopia de fluorescência automatizada para triagem celular multiparamétrica. Serão discutidos o desenvolvimento, a validação e as aplicações de ensaios em triagem celular multiparamétrica. No módulo prático serão realizados ensaios experimentais, utilizando a plataforma de pipetagem robótica e posterior aquisição e análise das imagens obtidas no microscópio automatizado.

Bibliografia:

  • De Souza W. Microscopia Óptica: fundamentos e aplicações às Ciências Biomédicas. 1 ed. Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Microscopia, 2010, 220 p.
  • Buchser W, Collins M, Garyantes T, Guha R, Haney S, Lemmon V, et al. Assay Development Guidelines for Image-Based High Content Screening,High Content Analysis and High Content Imaging. In: Sittampalam GS, Coussens NP, Brimacombe K, Grossman A, Arkin M, Auld D, et al., editors. Assay Guidance Manual. Bethesda (MD)2004.
  • Steven A. Haney, Douglas Bowman, Arijit Chakravarty An Introduction To High Content Screening: Imaging Technology, Assay Development, and Data Analysis in Biology and Drug Discovery. John Wiley & Sons, 2014, 352p.
MPT 727 – TÉCNICAS BÁSICAS DE HISTOLOGIA

Responsável: Silvana Allodi

Colaboradora: Cherley Borba Vieira de Andrade

Carga Horária:  15 horas

Ementa: O curso abordará conceitos teóricos básicos de biologia celular e histologia, princípios das principais técnicas histológicas de rotina usadas em laboratório. Também serão dadas aulas práticas incluindo o preparo das soluções a serem utilizadas na metodologia, o processamento histológico, desde a fixação dos tecidos até a obtenção de blocos de parafina, microtomia e coloração. Todo o conteúdo do curso será discutido com as professoras e monitores.

Bibliografia:

  • Tolosa, E.M.C.; Rodrigues, C.J.; Behmer, O.A.; Neto, A.G.F. Manual de técnicas para histologia normal e patológica. Ed. Manole, 2003.
  • Becak, W. - Paulete, S – RJ -  Ed.  Técnicas de citologia e histologia vol. I e II s.a. 1976.
  • Gabriel, G.F.; técnica histológica: Manual. Ed. Fiocruz, 1981.
  • Kierszenbaum, Abraham l., Tres. Laura. Histologia e biologia celular. Elsevier, 3ª Edição, 2012.
MPT 728 – TÓPICOS PRÁTICOS DE BIOLOGIA MOLECULAR 

Responsável: Flávia Fonseca Bloise

Carga Horária:  15 horas

Ementa: Conceitos básicos de biologia molecular. Cuidados técnicos para manipulação de ácidos nucleicos. Extração de RNA e síntese cDNA. Planejamento do fluxo de trabalho de experimentos de qPCR, identificação e resolução de problemas comuns, interpretação dos dados finais.

Bibliografia:

  • Bustin SA, Benes V, Garson JA, Hellemans J, Huggett J, Kubista M, Mueller R, Nolan T, Pfaffl MW, Shipley GL, Vandesompele J, Wittwer CT. The MIQE guidelines: minimum information for publication of quantitative real-time PCR experiments.Clin Chem. 2009 Apr;55(4):611-22. doi: 10.1373/clinchem.2008.112797.
  • Aires M, Fisiologia, 4a Ed.;
  • Snustad P, Principles of Genetics, 5a Ed.;
  • Albert, Biologia Molecular da Célula, 4a Ed.
MPT 729 – TÉCNICAS DE ESCRITA CIENTÍFICA

Responsável: Tânia Maria Ruffoni Ortiga

Carga Horária:  15 horas

Ementa: Curso prático/ teórico. Discussões e exercícios práticos de escrita científica. Como organizar cada sessão, discussão de conceitos de plagio, compilação de informações. Como revisar a literatura. Como organizar suas referências. Discussão sobre autoria.

Bibliografia:

  • From Research to Manuscript: A Guide to Scientific Writing - Michael Katz 2006

MPT 731 – TÉCNICAS DE MICROSCOPIA DE FORÇA ATÔMICA

Responsável: Gilberto Weissmuller

Carga Horária:  30 horas

Ementa: Introdução ao AFM; Histórico; Microscópio de Força Atômica e suas aplicações; Funcionamento de um AFM; Cantiléver: propriedades, escolha, forma da ponta e resolução; Scanner: Projeto e operação, não linearidade (histerese, arrastamento, envelhecimento), correções por software e hardware, calibração; Modo contato, contato intermitente e Peak-force; Preparação de amostras; Processamento e análise de imagens de AFM; AFM como ferramenta de análise: Espectroscopia de forças, medidas de adesão e de elasticidade.

Bibliografia:

  • Atomic Force Microscopy for Biologists-2nd Edition-August 2009
  • Victor J Morris, Andrew R Kirby and A Patrick Gunning.
MPT 732 – SEQUENCIAMENTO DE DNA SANGER

Responsável: Ana Beatriz Furlanetto Pacheco

Colaboradora: Polyana Pereira

Carga Horária:  15 horas

Ementa: Este é um curso básico de sequenciamento de DNA pelo método de Sanger e tem como objetivo complementar a formação profissional de pessoal da área biomédica. Pretende- se apresentar os fundamentos deste método e oferecer um treinamento básico para a realização de atividades técnico-científicas referentes a esta técnica. Além disso, o curso pretende apresentar as principais aplicações práticas de sequenciamento de DNA, possivelmente ampliando a utilização dos equipamentos multiusuários disponíveis no Centro de Ciências da Saúde. Ao final do curso o aluno deve compreender o fundamento desta técnica; conhecer o funcionamento básico de um sequenciador automático de DNA; conhecer e executar as etapas experimentais referentes a este método; analisar e interpretar os resultados obtidos pela técnica, conhecer as aplicações mais comuns do sequenciamento de DNA; conhecer os avanços e perspectivas de aplicação do método em abordagens de larga escala.

Bibliografia:

  • Thermo Fischer Scientific https://www.thermofisher.com/br/en/home/life-science/sequencing/sanger-sequencing.html
  • Adams, J. (2008) DNA sequencing technologies. Nature Education 1(1):193 http://www.nature.com/scitable/topicpage/dna-sequencing-technologies-690
  • Adams, J. (2008) Sequencing human genome: the contributions of Francis Collins and Craig Venter. Nature Education 1(1):133 http://www.nature.com/scitable/topicpage/sequencing-human-genome-the-contributions-of-francis-686
  • Lobo, I. (2008) Basic Local Alignment Search Tool (BLAST). Nature Education 1(1):215 http://www.nature.com/scitable/topicpage/basic-local-alignment-search-tool-blast-29096

 

MPT 733 – CITOMETRIA DE FLUXO II

Responsável: Tais Hanae Kasai Brunswick

Colaboradora: Triciana Gonçalves

Carga Horária:  15 horas

Ementa: Titulação de anticorpos. Desenho de painéis multicores. Desenho experimental em citometria de fluxo: a importância dos controles técnicos e biológicos. Controles de qualidade. Fenotipagem celular. Aplicações mais frequentes no uso da técnica sendo o conteúdo adaptável para aplicações que serão utilizadas pelo aluno no desenvolvimento de seu trabalho (exemplos: ensaio de apoptose, proliferação, viabilidade, estresse oxidativo, entre outros). Análise de dados experimentais.

Bibliografia:

  • Givan, L. Alice. Flow cytometry: first principles. 2nd editon. Wiley-Liss, 2001.
  • Shapiro, H. M. Pratical flow cytometry. 4.ed. John Wiley & Sons, 2005.
  • Artigos científicos publicados no Cytometry Part A, J. Immunological Methods
  • Tutorial de software de análise de dados Flow Jo

 

MPT 734 – PRODUÇÃO DE INSUMOS BIOTECNOLÓGICOS

Responsável: Diego Allonso Rodrigues dos Santos da Silva

Colaborador: Ronaldo da Silva Mohana Borges

Carga Horária:  30 horas

Ementa: Clonagem em vetores plasmidiais e vetores virais. Transformação, transfecção e transdução. Expressão transiente e produção de linhagem estável. Produção de insumos biotecnológicos em microrganismos: bactéria, leveduras e fungos filamentosos. Produção de insumos biotecnológicos em células eucarióticas superiores. Produção de insumos biotecnológicos em células de mamífero. Produção de insumos biotecnológicos em animais transgênicos. Produção de anticorpos monoclonais. Tipos de biorreatores e escalonamento de produção em biorreatores. Purificação dos insumos biotecnológicos em escala de bancada e escala industrial.

Bibliografia:

  • Bom, E.P.S.; Ferrara, M.A., Corvo, M.L.; Vermelho, A.B.; Paiva, C.L.A.; Bicca, R.; Coelho, R.R.R. Enzimas em Biotecnologia. Produção, Aplicações e Mercado. Interciência. Rio de Janeiro, 2008.
  • Castilho, L.R.; Moraes, A.; Augusto, E.F.O. Tecnologia de Cultivo de Células Animais. Biofármacos à Terapia Gênica. Editora Roca. 2008.
  • Ulrich, H. Bases Moleculares da Biotecnologia. Editora Roca. 2008

  • Walsh, G. Pharmaceutical Biotechnology: Concepts and Applications. Wiley. 2007

  • Ma, J. Gene Expression and Regulation. Springer. 2006

  • Crommelin, D.J.A., Sindelar, R. D., Meibohm, B. Pharmaceutical Biotechnology. Taylor & amp; Francis. 2013.
MPT 735 – BIOQUÍMICA BÁSICA E BIOLOGIA MOLECULAR

Responsável: Ronaldo Mohana da Silva Borges

Colaborador: Allan Cezar de Azevedo Martins

Carga Horária:  30 horas

Ementa: Fundamentos de Bioquímica e Água; Aminoácidos e Níveis estruturais das proteínas; Função proteíca e Enzimas; Técnicas básicas para análise de proteínas; Carboidratos e glicoconjugados; Lipídeos e Proteínas de membrana; Nucleotídeos, Ácidos nucléicos, Genes e Cromossomos; Replicação de DNA; Transcrição e Tipos de RNA; Tradução e Síntese proteica; Regulação da Expressão gênica; Técnicas para estudo dos Ácidos Nucléicos.

Bibliografia:

  • “Molecular Biology of the Cell” – 4a edição - Editora Garland - Autores: Bruce Alberts; Dennis Bray; Julian Lewis; Martin Raff; Keith Roberts & James D. Watson
  • “Principles of Biochemistry” – Lehninger – 5a. Edição – Editora Freeman – Autores: David Nelson e Michael Cox. (capítulos 1 e 2).
MPT 736 – BIOLOGIA CELULAR

Responsável: Miria Gomes Pereira

Colaborador: Aline Araujo Zuma, Carolina Lima Alcântara, Lucio Ayres Caldas, Camila Wendt, Juliana Cunha Vidal.

Carga Horária:  30 horas

Ementa: Fundamentos básicos da biologia celular de eucariotos incluindo aspectos estruturais e funcionais, incluindo os mecanismos macromoleculares mais relevantes e métodos clássicos utilizados para o estudo e descoberta dos processos celulares.

Bibliografia:

  • Molecular Biology of the Cell – Alberts, Johnson, Lewis, Raff, Roberts, Walter. Garland Eds, 6th edition, 2017.
  • Molecular Biology of the Cell – Alberts, Johnson, Lewis, Raff, Roberts, Walter. Garland Eds, 5th edition , 2009.
  • Molecular Cell Biology - Harvey Lodish, Arnold Berk, Chris A. Kaiser, and Monty Krieger - 6th edition , 2007.
MPT 737 – BIOIMAGEM – MODELOS EXPERIMENTAIS

Responsável: Isalira Peroba

Carga Horária:  15 horas

Ementa: Introdução de técnicas de Bioimagem para o diagnóstico complementar, não invasivo, e acompanhamento de modelos experimentais na pesquisa pré-clínica. Princípios físicos do ultrassom, tipos de aparelho, transdutores, modos de exibição, artefatos, escala de cinzas. Resolução; frequência e focalização dos comandos do aparelho, interpretação de imagem e terminologia pertinente. Demonstração da Anatomia Ecográfica do abdômen e Coração. Avaliação ultrassonográfica do sistema cardiovascular: variações morfodinâmicas diante de patologias cardiovasculares, nas cardiomiopatias dilatadas, hipertróficas e isquêmicas. Avaliação ultrassonográfica do sistema hepatobiliar: aparência normal e principais anomalias associadas. Interpretação dos laudos. Injeção de células guiada pelo ultrassom. Noções básicas do uso do equipamento de bioluminescência/ Fluorescência in vivo e in vitro IVIS lumina (Xenogem). Bioluminescência in vitro. Biodistribuíção e rastreamento celular após transplante. Noções básicas do uso do equipamento de Ressonância Magnética 7T.

Bibliografia:

  • Minin, IV; Minin, OV. Ultrasound Imaging Medical Applications. InTech. 2011 Otto, CM; Freeman, RV. Ecocardiografia Guia Essencial. Elsevier. 2012
  • Westbrook, C; Roth, CK; Talbot,J. Ressonância Magnética para Aplicações Práticas. Guanabara Koogan. 2013
  • Campos-De-Carvalho ACG, R. C. S. Bioluminescencia in: Células-tronco Mesenquimais: conceitos, métodos de obtenção e aplicações. Rio de Janeiro: Atheneu; 2012.
  • Campos-De-Carvalho ACG, R. C. S. Vias de administração de células-tronco mesenquimais in: Células-tronco Mesenquimais: conceitos, métodos de obtenção e aplicações. Rio de Janeiro: Atheneu; 2012.
MPT 738 – CULTIVO CELULAR II

Responsável: Tais Hanae Kasai Brunswick & Regina Coeli dos Santos Goldenberg

Colaboradora: Karina Dutra Asensi, Lanuza Faccioli, Raiana Barbosa

Carga Horária:  30 horas

Ementa: Conceitos de cultivo celular avançado. Obtenção de eritroblastos de sangue periférico. Caracterização celular, protocolos de reprogramação de células somáticas em células de pluripotência induzida. Protocolos de diferenciação das células pluripotentes em tipos celulares específicos. Obtenção da fração mononuclear de células humanas usadas em protocolos pré-clínicos e clínicos. Cultivo e expansão das células mesenquimais. Demonstração de preparação de superfícies de cultivo. Matriz sintética como substrato para o crescimento de células em conformação 3D. Descelularização de matriz biológica a partir de órgãos inteiros. Utilização da matriz biológica como arcabouço do cultivo celular em configuração 3D. Sistemas de cultivo em Co-cultura. Aplicações da cultura de células em pesquisa e indústria.

Bibliografia:

  • Tecnologia de Cultivo de Células Animais - de Biofármacos a Terapia Gênica. Angela Maria Moraes, Elizabeth F. Pires Augusto, Leda R. Castilho. Ed Roca, 2008.
  • Como Cultivar Células, Rui Curi, Guanabara Koogan, 2005.
  • Fundamentos Da Cultura De Tecido e Células Animais, Moacyr Alcoforado Rebello , Rubio, 2014
  • Células-Tronco Mesenquimais – Conceitos, Métodos de Obtenção e Aplicações,
  • Antonio Carlos Campos de Carvalho e Regina Coeli dos Santos Goldenberg, 2012
  • Haycok,JW. 3D Cell Culture Methods and Protocols. Springer 2011.
MPT 739 – CONSIDERAÇÕES ÉTICAS EM PESQUISA BIOMÉDICA

Responsável: Mariana Boechat de Abreu & Marcel Frajblat

Carga Horária:  30 horas

Ementa: Integridade na pesquisa; princípios éticos na pesquisa com seres humanos; uso ético e legal da biodiversidade (Patrimônio Genético); relação universidade-empresa (Lei de Inovação Tecnológica); questões éticas envolvidas na pesquisa biomédica; princípios éticos no uso científico de animais; direto animal; legislação brasileira para o uso Científico de animais; considerações sobre a crise de irreprodutibilidade na ciência; sistema de publicação científica.

Conteúdo programático:

  1. Ética na pesquisa biomédica;
  2. Princípios éticos no uso científico de animais e direto animal;
  3. Legislação brasileira para o uso científico de animais e considerações sobre a irreprodutibilidade em estudos científicos;
  1. Integridade na pesquisa científica;
  2. Princípios éticos na pesquisa com seres humanos;
  3. Uso ético e legal da biodiversidade (Patrimônio Genético);
  4. Relação universidade-empresa (Lei de Inovação Tecnológica)
  5. Sistema de publicação científica

Bibliografia:

  • ÉTICA NA PESQUISA EM SAÚDE: AVANÇOS E DESAFIOS. Guilhem D, Zicker F, organizadores. Brasília: LetrasLivres/Editora UnB; 2007. 228 pp. (Coleção Ética em Pesquisa, 2). ISBN: 85-98070-14-9
  • ÉTICA EM PESQUISA COM ANIMAIS E HUMANOS: BEM-ESTAR E DIGNIDADE. Nadir Antonio Pichler, Ana Cristina Vendrametto Varrone Giacomini (Orgs.)- Passo Fundo. Editora Universidade De Passo Fundo, 2014. ISBN 978-85-7515-859-3
  • Integridade em Pesquisa Científica. Pedro Reiz. EDITORA HYRIA ISBN: 9788566442229 Edição: 2ª (2018)
  • Manual sobre cuidados e usos de animais de laboratório. Tradução do original publicado pelo Institute of Laboratory Animal Resources, Comission of Life Sciences, National Research Council - NIH, USA) Tradução e Editora: AAALAC e COBEA, 2003
  • Princípios Éticos e Práticos do uso de Animais de Experimentação. Monica Levy Andersen e outros autores Editora: Universidade Federal de São Paulo UNIFESP Escola Paulista de Medicina, Departamento de Psicobiologia.
  • O que É Bioética. Guilhem, Dirce; Diniz, Debora / BRASILIENSE, 2012 ISBN 978-85-11-00074-0
MPT 740 – TÓPICOS EM BIOESTATÍSTICA E REPRESENTAÇÃO GRÁFICA

Responsável: Mariana Boechat de Abreu

Colaborador: Rhenan Bartels Ferreira

Carga Horária:  15 horas

Ementa: Conceitos introdutórios e prática de análise de dados; leitura de arquivos tabulares em formatos separados por vírgula ou texto; cálculo de estatísticas descritivas como média, mediana, moda, desvio-padrão, variância e intervalo interquartil; noções de visualizações e criação de gráficos contendo histogramas, séries temporais e boxplots. Testes de aderência como Kolmogorov-Smirnoff e Shapiro-Wilk para verificação da distruibuição dos dados. Testes de hipótese em amostras com distribuição normal ou sem distribuição conhecida como teste-t para amostras independentes ou teste t pareado; testes de hipótese para múltiplas comparações como ANOVA ou Kruskal-Wallis; correção e compreensão do valor p e necessidade de sua correção para múltiplas comparações. Cálculo de correlações entre duas variáveis com testes de Pearson ou Spearman. Aplicação dos conceitos em dados reais no ambiente de programação com ênfase em estatística R.

Bibliografia:

  • INTRODUÇÃO A BIOESTATÍSTICA USANDO O R - Flávio Fonseca Nobre - PEB/COPPE/UFRJ
MPT 742 – FISIOLOGIA HUMANA E COMPARADA DO APARELHO REPRODUTOR

Responsável: Tânia Maria Ruffoni Ortiga

Carga Horária:  15 horas

Ementa: Curso prático teórico. Revisão de conteúdo: Introdução ao sistema endócrino, natureza química dos hormônios; transporte plasmático dos hormônios, mecanismos de ação hormonal, conceito de feedback negativo e positivo. Síntese de esteroides. Fisiologia do aparelho reprodutor feminino. Eixo hipotálamo-hipófise-ovários.  Função ovariana, gametogênse feminina. Ciclo menstrual, ciclo estral. Fisiologia do aparelho reprodutor masculino. Eixo hipotálamo-hipófise-testículos.    Função ovariana, função uterina, gametogênese masculino.

Bibliografia:

  • MARGARIDA DE MELLO AIRES: Fisiologia; GREENSPAN: Basic and Clinical Endocrinology; BERNE E LEVY: Fisiologia; WILLIAMS, R.H. (ed) Texbook of Endocrinology, W.B. Saunders Company, Phyladelphia; Artigos específicos a serem selecionados. * Buscar sempre a edição mais recente.
MPT 743 – FERTILIZAÇÃO, CLIVAGEM E DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO

Responsável: Marcel Frajblat

Colaboradora: Tânia Maria Ruffoni Ortiga

Carga Horária:  15 horas

Ementa: Sistema endócrino, diferenciação sexual e gametogênese; regulação da função testicular e ovariana; mecanismos naturais de fertilização; fertilização in vitro; desenvolvimento embrionário pré-implantacional; meio de cultura e fenótipos associados a reprodução assistida; placentação.

Conteúdo programático:

  1. Introdução ao Sistema endócrino
  2. Diferenciação sexual e Regulação da função ovariana
  3. Regulação da função testicular - espermatogênese
  4. Esteroidogênese – Foliculogênese
  5. Fertilização in vivo vs. in vitro
  6. Desenvolvimento embrionário pré-implantacional
  7. Ciclo menstrual e ciclo estral – estratégias em diferentes espécies
  8. Avaliação

Bibliografia:

MPT 744 – TÉCNICAS BÁSICAS DE ANÁLISE DE BIOMOLÉCULAS

Responsável: Susana Frases Carvajal

Carga Horária:  30 horas

Ementa: Serão estudadas as principais técnicas de análise de biomoléculas. Nas aulas serão abordados aspectos conceptuais e técnicos. Eletroforese, zimografia e blots, géis 2D. Teórica e demonstração prática. Noções básicas e modalidades de Cromatografia. Teórica e demonstração prática. Analises de potencial zeta e raio hidrodinâmico de biomoléculas em solução. Teórica e demonstração prática. Fluorimetria. Teórica e demonstração prática. Identificação de Biomoléculas intracelulares por Microscopia eletrônica e óptica. Métodos imunológicos para detecção de biomoléculas.

Bibliografia:

  • ALBERTS, Bruce; JOHNSON, Alexander; LEWIS, Julian; RAFF, Martin; ROBERTS; Keith;
  • WALTER, Peter, Molecular biologyofthecell, 4ª edição, GarlandScience, NewYork 2002
  • STRYER, Lubert; BERG, JeremyM.; TYMOCZKO, John L., Biochemistry, 5ª edição, InternationalEdition, NewYork 2002
  • CAMPOS, Luís S., Entender a Bioquímica, 5ª edição, Escolar Editora, Lisboa 2009.
  • LEHNINGER, A.L., NELSON, D.L. & COX, M.M. Princípios de Bioquímica. 2ª ed., Editora Sarvier, São Paulo, 1995. ALLINGER, N. L.; CAVA, M. P.; JONGH, D. C. de; JOHNSON, C.
  • LEBEL, N. A.; STEVENS, C. L. Química orgânica. 2o edição. Rio de Janeiro: Editora Guanabara, 1978. MORITA, T.; ASSUMPÇÃO, R.M.V. Manual de Soluções, Reagentes e Solventes: Padronização, Preparação, Purificação. 2ª Edição. São Paulo: Editora Edgard Blucher Ltda., 1972.
  • CAMPBELL, J.M.; CAMPBELL,J.B. Matemática de Laboratório Aplicações Médicas e Biológicas. 3.ed. São Paulo: Livraria Roca, 1986.
  • 92 HART, A.; SCHUETZ, R. D. Química orgânica. Rio de Janeiro: Editora Campus LTDA,
  • AMARAL, L. Química orgânica. São Paulo: Editora Moderna Ltda,1981.
  • FELTRE, R. Soluções. In.: Química - Físico-Química. 2.ed. São Paulo, SP. Editora
  • 1983. p. 1-75.
  • SOLOMONS, T.W G., Química orgânica. Rio de Janeiro: LTC, 1983. V. 2. NEPOMUCENO,
  • F; RUGGIERO, A.C. Manual de Bioquímica: Roteiros de Análises Bioquímicas Qualitativas e Quantitativas. Ribeirão Preto, SP: Tecmedd, 2004.
  • UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ. Setor de Ciências Biológicas. Departamento de Bioquímica. Bioquímica: aulas práticas.Curitiba: Scientia et Labor, 1987. 116p. VOET, D.; VOET, J.G. Bioquímica. 4 ed. Porto Alegre: Artmed, 2005. CHAMPE, Pamela C., HARVEY, Richard A, FERRIER, Denise R.
  • Bioquímica Ilustrada. 3ª edição. Porto Alegre: Artmed, 2006.
  • CISTERNAS, José Raul, Varga, José, Monte Osmar. Fundamentos De Bioquímica Experimental.São Paulo: Atheneu, 1997.
  • KAMOUN, P. LAVOINNE, A. VERNEUIL, H. Bioquímica e Biologia Molecular. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 2006. VALIM, Yara Maria Lucisano (Coord). Práticas de Bioquímica- Conceitos Gerais. USP: Ribeirão Preto, 2008.
  • REMÃO, José Oscar dos Reis; SIQUEIRA, Antonio João Sá; AZEVEDO, Ana Maria Ponzio. Bioquímica: Guia de Aulas práticas. PUCRS: Porto Alegre, 2003 93.
  • UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE. Roteiro de Aulas Práticas. Instituto de Biologia – Departamento de Biologia Celular e Molecular. Rio de Janeiro, 2007.
  • ALMEIDA, F. A. Microalbuminúria como marcador precoce de comprometimento da função renal. Disponível em: http://departamentos.cardiol.br/dha/revista/8-3/micro.pdf Acesso em: 09 de março de 2009.
  • GUYTON, Arthur C. & HALL, John E. Tratado de Fisiologia Médica. 11 ed. Rio de Janeiro:
  • Elsevier, 2006. PORTO, Celmo Celeno. Semiologia Médica. 5 ed. Rio de Janeiro: Guanabara.
  • MILLER, O. et al. Laboratório para o Clínico. 8 ed. São Paulo: Editora Atheneu, 1998.
  • MURRAY, Robert K. et al. Harper: Bioquímica. 9 ed. São Paulo: Editora Atheneu, 2002.
  • STUDART, Lauro & ALMEIDA, Otacílio. O controle da Fadiga pela Urina.
MPT 745 – TÉCNICAS DE ESPELHAMENTO DE LUZ

Responsável: Susana Frases Carvajal

Carga Horária:  15 horas

Ementa: Teórico-prática. Serão estudadas as principais técnicas de espalhamento de luz aplicadas a nanotecnologia SLS, DLS e Potencial Zeta. Nas aulas serão abordados aspectos conceptuais e técnicos.

Bibliografia:

  • C. Brown, P.N. Pusey, and R. Dietz, Journal of Chemical Physics, 62, 1136 (1975).
  • R. Allcock and Frederick W. Lampe, Contemporary Polymer Chemistry, page 353, Prentice-Hall, Englewood Cliffs, New Jersey, (1981).
  • C. Hinds, Aerosol Technology, chap. 4, Wiley-Interscience, New York, New York (1982).
  • Z. Cummins, N. Knable, and Y. Yeh, Physics Review Letters, 12, 150 (1964).
  • R. Pike, "The Analysis of Polydisperse Scattering Data", in Scattering Techniques
  • Applied to Supramolecular and Nonequilibrium Systems", S-H. Chen, B. Chu, and R. Nossal, editors, Plenum Press, New York, New York, (1981).
  • Grabowski and I. Morrison in "Particle Size Distributions from Analysis of Quasi-Elastic Light Scattering Data", chapter 7 in Measurements of Suspended Particles by Quasi- Elastic Light Scattering, edited by B. Dahneke, Wiley-Interscience, New York,1983.     
  • Theory of optical-tweezers forces near a plane interface, R. S. Dutra, P. A. Maia Neto, H. M. Nussenzveig and H. Flyvbjerg, Phys. Rev. A 94, 053848 (2016).                           
  • Gennerich, Arne (Ed.) Optical Tweezers. Methods and Protocols. Springer. 2016.
MPT 746 – TÓPICOS ESPECIAIS I

Responsável: a definir

Carga Horária:  15 horas

Ementa: a definir

Bibliografia: a definir

MPT 747 – TÓPICOS ESPECIAIS II

Responsável: a definir

Carga Horária:  30 horas

Ementa: a definir

Bibliografia: a definir

MPT 748 – TÓPICOS ESPECIAIS EM REPRODUÇÃO I

Responsável: a definir

Carga Horária:  15 horas

Ementa: a definir

Bibliografia: a definir

MPT 749 – TÓPICOS ESPECIAIS EM REPRODUÇÃO II

Responsável: a definir

Carga Horária:  30 horas

Ementa: a definir

Bibliografia: a definir

MPT 750 – TÓPICOS ESPECIAIS EM CIÊNCIAS ANIMAIS I

Responsável: a definir

Carga Horária:  15 horas

Ementa: a definir

Bibliografia: a definir

MPT 751 – TÓPICOS ESPECIAIS EM CIÊNCIAS ANIMAIS II

Responsável: a definir

Carga Horária:  30 horas

Ementa: a definir

Bibliografia: a definir

MPT 752 – TÓPICOS ESPECIAIS EM CULTIVO CELULAR I

Responsável: a definir

Carga Horária:  15 horas

Ementa: a definir

Bibliografia: a definir

MPT 753 – TÓPICOS ESPECIAIS EM CULTIVO CELULAR II

Responsável: a definir

Carga Horária:  30 horas

Ementa: a definir

Bibliografia: a definir

MPT 754 – TÓPICOS ESPECIAIS EM BIOMOLÉCULAS/BIOTECNOLOGIA I

Responsável: a definir

Carga Horária:  15 horas

Ementa: a definir

Bibliografia: a definir

MPT 755 – TÓPICOS ESPECIAIS EM BIOMOLÉCULAS/BIOTECNOLOGIA II

Responsável: a definir

Carga Horária:  30 horas

Ementa: a definir

Bibliografia: a definir

MPT 756 – TÓPICOS ESPECIAIS EM FISIOLOGIA APLICADA I

Responsável: a definir

Carga Horária:  15 horas

Ementa: a definir

Bibliografia: a definir

MPT 757 – TÓPICOS ESPECIAIS EM FISIOLOGIA APLICADA II

Responsável: a definir

Carga Horária:  30 horas

Ementa: a definir

Bibliografia: a definir

MPT 758 – TÓPICOS ESPECIAIS III

Responsável: a definir

Carga Horária:  45 horas

Ementa: a definir

Bibliografia: a definir

MPT 759 – TÓPICOS ESPECIAIS IV

Responsável: a definir

Carga Horária:  60 horas

Ementa: a definir

Bibliografia: a definir

MPT 760 – TÓPICOS ESPECIAIS V

Responsável: a definir

Carga Horária:  75 horas

Ementa: a definir

Bibliografia: a definir